• Redação TBT

O Príncipe – Nicolau Maquiavel

O autor Nicolau Maquiavel viveu em Florença, durante o período Renascentista, uma época de profundas mudanças e grande produção cultural.



Foi funcionário público grande parte da sua vida e escreveu o livro O Príncipe com o intuito de impressionar o novo príncipe, Lourenço de Médici, e ser contratado para alguma posição de alto escalão no principado.

O livro reúne uma série de lições, princípios e conceitos, que ele aprendeu durante sua carreira, e que um monarca deveria saber para conseguir reinar e se manter no poder. Seus ensinamentos foram embasados em observações das relações entre as pessoas, nas mais diversas situações e posições sociais que ocupavam, e na reflexão sob o modo de agir e reagir delas.

Ele buscava entender e escrever sobre política na maneira como ela acontecia na realidade, não dando ênfase em como ela deveria acontecer. Julgava que a tentativa de implantar práticas ideais era apenas fruto da imaginação, uma fuga da verdade e até uma atitude autodestrutiva.

A diferença entre certo e errado é relativizada, não é preciso dizer que um vício é algo nocivo ou perigoso para um príncipe. Um vício pode representar uma garantia de segurança e bem-estar do governante. Ele defende que não é possível ser bom em tudo, o que importa é submeter a decisão do que é melhor, no determinado momento, ao plano de manutenção do poder.

Maquiavel escreve que o príncipe precisa ter sorte e ao mesmo tempo virtude. Ao longo do texto é possível perceber que a palavra “virtude” é usada para se referir a um referente diferente do que é descrito no dicionário, significando algo parecido como a habilidade de se manter no poder.

Na vida do governante, o ser e o parecer podem ser duas coisas desconexas. Existem qualidades nas quais são importantes que sejam mostradas para o povo para que ele pense que o príncipe as possui. São elas: integro, piedoso, leal, humano e piedoso. entretanto, não é necessário que essas façam parte de sua personalidade, pois só é preciso parecer.

Os ensinamentos de Nicolau Maquiavel, por mais que tenha 500 anos, seguem sendo relevantes e possíveis de serem identificados guiando as ações e comportamento de políticos e difundida em parte da sociedade.

Receba nossas atualizações

  • Instagram - White Circle

Site Oficial The Brazilian Times